Os principais bancos e empresas financeiras foram penalizados por não cumprirem as leis de manutenção de registros ao usarem o WhatsApp para conversas com clientes

capa-top-banks

O mundo das finanças está adotando cada vez mais os canais de comunicação digital para simplificar as operações e aprimorar o atendimento ao cliente. No entanto, essa tendência não está isenta de riscos. Vários bancos e instituições financeiras de alto nível foram recentemente penalizados por não estarem em conformidade com as leis de manutenção de registros devido ao uso não autorizado do popular aplicativo de mensagens WhatsApp para interações com os clientes.

No topo dessa lista estão o HSBC e o Scotiabank, que enfrentam penalidades substanciais devido à não conformidade regulatória. O braço de títulos do HSBC, HSBC Securities (HSI), e a subsidiária de investimentos do Scotiabank, Scotia Capital, concordaram em pagar multas de US$ 15 milhões e US$ 7,5 milhões, respectivamente. Além disso, a Scotia Capital resolveu as acusações da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA com um pagamento extra de US$ 15 milhões. A SEC acusou os funcionários de usarem canais de comunicação não autorizados, incluindo mensagens de texto e WhatsApp, incluindo aqueles em posições sênior.

Não muito atrás está o Deutsche Bank, que pagou multas que ultrapassam US$ 2 bilhões. Para reduzir o uso indevido do WhatsApp, o Deutsche Bank está descontando os bônus dos funcionários que violaram as políticas de comunicação da empresa. Uma medida semelhante à do Barclays, que também implementou medidas para penalizar os funcionários que não cumpriram as normas.

Essa onda de penalidades e danos à reputação não se limita ao que foi mencionado acima. Recentemente, o Credit Suisse demitiu um banqueiro de investimentos sênior por uso não autorizado de aplicativos de mensagens com clientes, uma violação espelhada por um operador do HSBC baseado em Londres.

Esse catálogo de ações punitivas por parte dos órgãos reguladores ressalta a necessidade de bancos e instituições financeiras priorizarem a conformidade regulatória, especialmente em uma era de comunicação digital.

Nesta plataforma, temos o compromisso de mantê-lo atualizado sobre esses desenvolvimentos. Monitoramos continuamente novos relatórios, comunicados à imprensa e anúncios regulatórios para trazer a você as informações mais relevantes. Abaixo, resumimos os incidentes que envolveram as instituições financeiras mencionadas acima, além de outras que sofreram penalidades por não conformidade com as leis de manutenção de registros.

Esses casos servem como um forte lembrete das consequências da não conformidade. As implicações vão além das penalidades financeiras e incluem danos à reputação e possíveis impactos na carreira dos indivíduos envolvidos. Como a comunicação digital continua a permear o setor financeiro, a conformidade com as medidas regulatórias não é apenas uma necessidade, mas a base de operações seguras e eficientes.

Tendências em Tuvis

Impacto da Política Nacional de cibersegurança para a proteção de dados

Como o WhatsApp se integra nas estratégias da empresa?

Por que o WhatsApp é a melhor opção para as empresas?

Mantenha-se atualizado

Inscreva-se para receber atualizações sobre nossos últimos lançamentos de recursos e atualizações.

Impacto da Política Nacional de cibersegurança para a proteção de dados

Como o WhatsApp se integra nas estratégias da empresa?

Por que o WhatsApp é a melhor opção para as empresas?

Role até o topo